Destaque Geral

Cientistas descobrem peixe que derrete na superfície

(Foto: Reprodução)
A nova espécie marinha foi descoberta a 7,5 metros de profundidade no mar

Cientistas da Universidade de Newcastle na Trincheira do Atacama, na costa do Peru, descobriram uma espécie bastante incomum de peixes.

Segundo o estudo dos especialistas, a nova espécie marinha foi descoberta a 7,5 metros de profundidade no mar, em temperaturas quase congelantes e pressões insuportáveis aos humanos.

O peixe encontrado pertence a uma nova espécie de peixe-caracol. De acordo com os pesquisadores, esse peixe tem uma enorme capacidade de adaptação e também é o maior predador daquela área do mar.

O que faz com que eles consigam sobreviver sob tamanha pressão e frio é o fato de seu corpo ser basicamente uma massa gelatinosa e mole, quase sem ossos.

Quando a pressão diminui e a água começa a esquentar, esses peixes se enfraquecem e simplesmente começam a derreter. Bizarro né?

Os cientistas chegaram a capturar um exemplar mas este morreu antes mesmo que eles saíssem do mar. Com isso, os cientistas chegaram a conclusão que será impossível estuda-los com vida. Eles iniciaram os estudos com o que sobrou do peixe derretido.

Comente

Comentários

Tags