Cidade Destaque

Depois de quase 1 ano, obras do BRT são retomadas em Goiânia

(Foto: Reprodução)
Segundo informações do Portal da Transparência, apenas 2,4% da obra foi concluída até o momento

As obras do BRT em Goiânia finalmente foram retomadas nesta terça-feira (27). Depois de um acordo do Ministério Público entre Prefeitura de Goiânia e o Consórcio BRT, responsável pela execução do projeto, as obras voltam a ser executadas com previsão de conclusão para 2020.

Paralisadas desde junho do ano passado, as obras continuam agora com garantia de continuidade das obras no Trecho II, que liga o Terminal Recanto do Bosque ao Isidória, no setor Pedro Ludovico, com o custo ajustado de R$ 206 milhões, dos quais R$ 65 milhões já foram pagos.

O trecho I, que interliga o Terminal Isidória ao Terminal Cruzeiro do Sul, em Aparecida de Goiânia, foi retirado do projeto.

De acordo com a Prefeitura de Goiânia, o trecho será objeto de nova licitação ainda este ano. A conclusão da obra está prevista para 30 de outubro de 2020.

As obras do BRT foram iniciadas em 2015 e tinham precisão inicial para durar vinte meses, no intuito de ligar o Terminal Recanto do Bosque, em Goiânia, ao Terminal Veiga Jardim, em Aparecida. Entretanto, segundo informações do Portal da Transparência, apenas 2,4% da obra foi concluída.

Comente

Comentários