Destaque País

Dia D de vacinação contra a H1N1 acontece neste sábado (12) em todo o país

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
A expectativa do Ministério da Saúde é vacinar 54,4 milhões de pessoas que integram os grupos prioritários

A mobilização nacional em torno da vacinação dos grupos de riscos contra a gripe H1N1 acontece desde o fim do mês passado em todo o Brasil, e neste final de semana chega em seu ponto chave.

Neste sábado (12), os postos de saúde em todo o país funcionarão e estarão preparados para o chamado Dia D de mobilização contra a gripe.

Neste dia, todos os grupos de risco poderão ser vacinados: São eles: idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a 5 anos incompletos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Pessoas com doenças crônicas e outras condições clínicas especiais também devem ser imunizadas. Neste caso, é preciso apresentar uma prescrição médica no ato da vacinação.

Pacientes cadastrados em programas de controle de doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS) devem procurar os postos em que estão registrados para receber a dose, sem necessidade de prescrição médica.

A imunização começou no dia 23 de abril e vai até 1º de junho. A expectativa do Ministério da Saúde é vacinar 54,4 milhões de pessoas que integram os grupos prioritários.

Durante a campanha, serão distribuídas cerca de 60 milhões de doses que, este ano, protegem contra três vírus do tipo influenza, incluindo o H1N1 e o H3N2.

Comente

Comentários