Destaque País

Prefeitura de São Paulo fecha zoológico e Jardim Botânico, após morte de macaco com febre amarela

Jardim Botânico (Foto: Reprodução)
Embora não transmita a doença, a morte do primata indica que existe circulação do vírus no local

A Prefeitura Municipal de São Paulo, anunciou o fechamento do zoológico de São Paulo, o Jardim Botânico e o Zoo Safari, na zona sul da capital, nesta terça-feira (23).

O motivo do fechamento extraordinário é para evitar o risco de contaminação por febre amarela.

Na tarde de ontem (22), a Secretaria Estadual de Saúde, confirmou que um macaco bugio encontrado morto na região tinha o vírus da doença.

Outros três parques estaduais na zona norte da cidade, foram fechados e ficaram sem receber visitantes por mais de dois meses, sendo reabertos no último dia 10.

Macacos doentes, embora não transmitam a doença, são um indicativo da circulação do vírus e por isso acabam alertando as autoridades sobre uma possível contaminação.

Comente

Comentários