Cidade Destaque

Secretária Municipal de Saúde confirma morte de médico por H1N1

Exames realizados após a morte do pediatra confirmaram o motivo da Síndrome Respiratória Aguda Grave

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou o resultado da investigação epidemiológica realizada pelo órgão após a morte do médico pediatra Luiz Sérgio de Aquino Moura (57), na última semana.

Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde da SMS, Flúvia Amorim, a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) que acometeu o então paciente foi mesmo causada pelo vírus H1N1.

A gestora explica que resultado foi obtido por meio de exame denominado PCR, preconizado pelo Ministério da Saúde para determinar as causas da síndrome.

Vale lembrar que na última quarta-feira (04), mais um paciente morreu no Cais Vila Nova, com suspeita de ter contraído o vírus.

Mesmo com a confirmação, a SMS afirma que está tomando todas as medidas possíveis para evitar a propagação do vírus e descarta que a cidade vive uma epidemia de H1N1.

Comente

Comentários